Pagar com Cartão de Crédito ou Dinheiro?

Dinheiro ou Cartão de Crédito

No Brasil não há lei (no Código de Defesa do consumidor) que se fale sobre a obrigação do lojista em cobrar um preço único na compra de um produto independente da forma de pagamento dinheiro ou cartão de crédito. Porém, algumas decisões na justiça ainda não posto como lei tem a entender que o pagamento, mesmo no cartão de crédito deve ser o mesmo que o preço que se fosse pago no dinheiro.

O que intriga nessa questão é que, no pagamento com Cartão de crédito, o lojista paga uma taxa pela administração Redecard, em torno de 2-3% sobre o valor total da compra. Repassar este custo para o consumidor é como “Roubar” uma vez que se coloca opções de escolha está sobre a responsabilidade do lojista arcar com as consequências. Além do que, como a obrigação do consumidor com o lojista acaba no final de uma compra, as autoridades competentes entendem que este pagamento é a vista como se tivesse pago com dinheiro, em uma reportagem o STJ proibiu um posto de gasolina a cobrar diferentes valores dependendo da forma de pagamento,no dinheiro, a vista no cartão ou crédito no cartão, sob pena de multa no valor R$500,00 diariamente.

Em caso do consumidor encontre em sua cidade uma prática como esta, o mais conveniente é que se evite o estabelecimento. Talvez com a perda de seus clientes, o lojista pensará em uma nova política de praticar o mesmo preço no pagamento à dinheiro e no cartão de credito.

Um ponto importante é que o consumidor que paga em dinheiro entenda que não está em vantagem ao que paga com cartão de crédito.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *