Dicas para não ter dor de cabeça com a Fatura do Cartão de Crédito

por vinicius em 18 de junho de 2012

dicas-para-nao-ter-dor-de-cabeca-com-cartao-de-credito

Quando se fala em problemas com cartão de crédito normalmente pensamos em problemas devido ao fato de não pagar integralmente a fatura do cartão e então arcar com multas e juros, é verdade isso é um grande problema e bastante frequente inclusive. Mas sabia que mesmo pagando a fatura ainda poderá ter problemas?

Isto pode acontecer por erros de processamento no sistema, mesmo já tendo pago a fatura do cartão de crédito pode acontecer de ser novamente cobrado por este valor, caso não efetue novo pagamento ou comprove que já fez o pagamento poderá ter seu nome incluído no SPC e SERASA.

Guarde os Comprovantes da Fatura do Cartão de Crédito!

Calculadora-com-erro-de-calculo

A única forma que terá para comprovar que fez o pagamento da fatura de seu cartão de crédito é através dos comprovantes, portanto é importante que sempre guarde as faturas quitadas junto de seu respectivo comprovante.

Para pagamentos feitos online é aconselhável que imprima o comprovante e guarde junto com a fatura, pois normalmente seu cartão de crédito será do mesmo banco onde possui sua conta corrente (que será utilizada para pagar a fatura). Se ocorrer um erro existem grandes chances de que o pagamento simplesmente desapareça do sistema, desta forma a única maneira de comprovar rapidamente é tendo o comprovante impresso, com ele o banco terá como rastrear a transação em seus extratos e ver que realmente já está pago.

Por quanto tempo devo guardar os comprovantes das faturas do cartão de crédito?

Segundo a recomendação de especialistas é recomendado que mantenha estes comprovantes guardados por no mínimo 5 anos, que é o prazo mais comum para prescrição de dívidas. É justamente neste prazo que a maioria das pessoas acaba errando, pois acabam jogando os comprovantes fora após um ano.

Também vale lembrar que são 5 anos a contar do dia do pagamento da fatura, por exemplo, quando uma fatura de Janeiro faz cinco anos pode ser jogada fora, mas as demais faturas do ano ainda não, devem ser retiradas mês a mês de acordo com o vencimento.

fotolia2

Deixe um comentário

Post Anterior:

Próximo Post