Cuidado com as Armadilhas dos Cartões de Crédito

Cuidado com as Armadilhas dos Cartões de Crédito

Solicitar um cartão de crédito está ficado cada vez mais fácil, em alguns casos o cartão chega em sua casa sem nem mesmo ter solicitado (prática abusiva dos bancos), em alguns bancos já existem cartões de crédito para quem possui restrição no SPC e SERASA. Estas são apenas algumas das diversas facilidades que existem para se tirar um cartão de crédito, o que é bom, mas é preciso saber usar o cartão de crédito para não ter problemas.

Por mais que saibamos, é sempre bom lembrar que o limite do cartão de crédito terá que ser pago (preferencialmente sem pagar apenas o mínimo), a facilidade de ter crédito sem ter que efetuar o pagamento com dinheiro (cédulas) cria a ilusão de que não se gastou tanto, cuidado com pagamentos pequenos no cartão, são eles que enganam.

Cuidado com as Armadilhas dos Cartões de Crédito

Um conselho utilizado por muitos especialistas em finanças pessoais é para evitar fazer pequenos pagamentos com cartão de crédito, isto pelo fato de que justamente por serem valores pequenos acabamos não dando a devida atenção. De pagamentos em pagamentos pequenos, quando chega a fatura é aquele susto.

O que mais complica as finanças das pessoas com o cartão de crédito é fazer o pagamento mínimo e refinanciar o restante, os juros cobrados neste tipo de operação são dos mais altos que se tem no mercado! Pague a fatura integralmente.

Se por acaso acabou gastando mais do que devia e realmente não tem como quitar a dívida, não protele o que acabará acontecendo, entre em contato com a administradora do cartão e faça uma proposta de parcelamento desta dívida, caso não faça isso, ficará mês a mês pagando apenas o mínimo e vendo sua dívida cada vez maior.

Outro grande risco é ter um limite muito maior do que sua renda realmente comporta, isto pode acontecer facilmente, por exemplo, caso seu banco detecte uma maior movimentação financeira em sua conta bancária nos últimos três meses, eles podem simplesmente aumentar seu limite! Se isto acontecer e sua renda ainda é na verdade a mesma entre em contato com o banco e diminua este limite o quanto antes!

Como pode ver as dicas são muito simples, pode-se até mesmo resumir isto a “gaste menos do que ganha”.

Gostou destas dicas sobre Cuidado com as Armadilhas dos Cartões de Crédito? Ainda tem dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Então deixe um comentário abaixo.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *